14 maneiras de acelerar sua loja WooCommerce

Março 4, 2024

As lojas Slow WooCommerce podem custar-lhe dinheiro de várias maneiras diferentes, desde o aumento do abandono do carrinho até a perda da fidelidade do cliente. De acordo com Soltar, quase 70% de consumidores afirmam que a velocidade da página influencia seu desejo de comprar em uma loja online. O problema aqui é que a velocidade depende de vários fatores e sua melhoria pode exigir muito tempo e esforço.

De acordo com Presságio, as taxas de conversão do site diminuem em média 4,42% para cada segundo que uma página leva para carregar entre os segundos 0 e 5, com páginas com tempos de carregamento entre 0 e 2 segundos tendo as maiores taxas de conversão de comércio eletrônico.

Se a velocidade de carregamento do seu site for superior a 2 a 3 segundos, este artigo é o que você precisa. Aqui você encontrará diversas dicas comprovadas sobre como medir e melhorando o desempenho do site de comércio eletrônico.

Por que a velocidade é importante?

A velocidade do site é um elemento crítico para o sucesso de qualquer empreendimento online, incluindo lojas WooCommerce, por vários motivos:

Experiência de usuário:

Os usuários da Internet normalmente têm pouco tempo de atenção. Tempos de carregamento lentos podem fazer com que os visitantes saiam do seu site antes mesmo de ele carregar totalmente. Um site rápido, ao contrário, facilita a navegação, incentivando o usuário a explorar mais páginas e permanecer mais tempo.

SEO e classificação:

A velocidade da página é um dos fatores de classificação mais importantes para o Google. Métricas como Largest Contentful Paint (LCP), First Input Delay (FID) e Cumulative Layout Shift (CLS) fazem parte dos fatores de classificação do Google. Sites mais rápidos têm mais chances de obter uma classificação mais elevada nos mecanismos de pesquisa. Com o aumento da pesquisa móvel, a velocidade da página móvel também afeta significativamente o SEO.

Eficiência de custos:

Sites otimizados e mais rápidos geralmente consomem menos largura de banda e podem resultar em custos de hospedagem mais baixos. Sites mais rápidos também exigem menos tempo e esforço para serem mantidos.

Usuários móveis:

Com um número crescente de usuários acessando sites por meio de dispositivos móveis, onde as velocidades de conexão podem ser mais lentas, a velocidade otimizada do site torna-se ainda mais crucial. O carregamento lento pode ser ainda mais problemático em dispositivos móveis e levar a taxas de rejeição mais altas.

Alcance global:

Usuários de diferentes regiões com velocidades de Internet variadas podem ter uma experiência consistente se o seu site estiver otimizado para velocidade. Sites mais rápidos são benéficos se você almeja um público global e usa uma Content Delivery Network (CDN) para fornecer conteúdo localizado.

Como avaliar a velocidade atual da loja?

Antes de iniciar o processo de melhoria, você precisa determinar onde está agora e descobrir a velocidade atual da loja e quais problemas podem tornar seu site lento. Aqui estão alguns métodos e ferramentas que você pode usar para avaliar a velocidade do seu site WooCommerce:

Ferramentas de teste direto

Essas ferramentas testam diretamente o desempenho do seu site, carregando-o de diferentes locais do mundo, simulando vários dispositivos e velocidades de conexão:

  • Google PageSpeed Insights: fornece insights de velocidade em dispositivos móveis e desktops. Também dá sugestões de otimização do WooCommerce.
  • GTmetrix: executa uma análise detalhada incluindo gráfico em cascata, recomendações e várias pontuações.
  • WebPageTest: fornece informações detalhadas como índice de velocidade, tempo até o primeiro byte e muito mais.

Ferramentas de desenvolvedor de navegador

Essas soluções, integradas em navegadores modernos, permitem que os desenvolvedores inspecionem, depurem e criem perfis de sites:

  • Chrome DevTools: use as guias Rede e Desempenho para analisar a velocidade do site.
  • Ferramentas para desenvolvedores do Firefox: essas ferramentas permitem que os desenvolvedores inspecionem, depurem e criem perfis de páginas da web, ajudando-os a compreender o comportamento e a estrutura dos sites.

Ferramentas do lado do servidor

Essas ferramentas podem ajudar a identificar problemas do lado do servidor que podem não ser evidentes nas ferramentas de teste de front-end:

  • New Relic: Fornece um mergulho profundo no desempenho do servidor, bom para detectar gargalos de back-end.
  • Análise de log: analise os logs do servidor para detectar problemas.

Verificações baseadas em plug-ins

Os plug-ins podem oferecer uma maneira conveniente e poderosa de monitorar vários aspectos do desempenho da sua loja WooCommerce diretamente da área de administração do WordPress. Aqui estão algumas abordagens populares baseadas em plug-ins:

  • Query Monitor: um plugin do WordPress para verificar quais consultas estão deixando seu site lento.
  • Depuração WP: permite recursos de depuração do WordPress para verificar problemas.

Monitoramento de usuário real

Real User Monitoring (RUM) é uma abordagem de monitoramento de desempenho que captura e analisa cada transação feita pelos usuários de um site ou aplicativo. Ao contrário dos métodos de monitoramento sintético, que simulam o comportamento do usuário, o RUM coleta dados das interações reais dos usuários com o seu site.


Normalmente, você adiciona um pequeno pedaço de código JavaScript ao seu site, que coleta e envia dados de desempenho a um servidor para análise. É assim que a maioria das ferramentas RUM funciona, embora detalhes específicos de implementação possam variar. Entre as ferramentas úteis para RUM estão New Relic Browser, Boomerang, Akamai mPulse e outros.

14 maneiras de aumentar a velocidade da loja WooCommerce

Agora que você conhece a velocidade de carregamento atual e quais problemas existem, você pode construir uma estratégia de otimização. Lembre-se de que você provavelmente precisará corrigir vários aspectos do site para obter uma ótima velocidade da loja WooCommerce. Além disso, você precisará monitorar a velocidade ocasionalmente, pois ela pode eventualmente diminuir. Aqui estão alguns conselhos sobre como você pode aumentar o desempenho do seu site:

Encontre uma hospedagem confiável

While the incorrect option may result in dissatisfied clients and lost business, the ideal WooCommerce web hosting service can guarantee flawless performance, fast loading times, and consistent uptime.

Cada tipo de hospedagem pode ser fornecido em uma variedade de planos com vários preços. Portanto, ao procurar um provedor de hospedagem dentro da sua faixa de preço, considere recursos como cache do servidor, largura de banda e RAM adequadas às demandas do seu site, armazenamento SSD de alto desempenho e software atualizado, como PHP e MySQL.

Se você possui um plano de hospedagem compartilhada, isso significa que centenas de sites usam o mesmo servidor e seus recursos. Selecione um host que restrinja o número de sites permitidos em cada servidor ou pense em atualizar para um VPS ou plano dedicado. 

Otimizar configurações de desempenho

Altere primeiro o URL da sua página de login. A URL de login geralmente é padrão e conhecida por todos, inclusive hackers, o que torna os sites suscetíveis a ataques.

Você pode evitar ataques de força bruta de agentes mal-intencionados alterando seu URL de login para algo distinto. Você também pode usá-lo para evitar problemas de HTTP com limitação de taxa.

Se o seu site de comércio eletrônico também tiver um blog, restrinja a quantidade de entradas que aparecem no feed do seu blog. Se você gerencia um blog popular, a economia de desempenho aumenta. Esses ajustes poderão ser feitos no Configurações de leitura do painel WordPress.

Captura de tela tirada no oficial WordPress local na rede Internet


A seguir, desative os pingbacks em seu site. Normalmente, eles produzem spam. O WordPress também oferece a capacidade de dividir grandes comentários de usuários em porções menores se você tiver muitos comentários de usuários em seus artigos ou páginas. Para reduzir o tempo de carregamento da página do seu produto, mantenha esse valor entre 10 e 20. 

Reconsidere o uso de plug-ins e extensões

Há uma infinidade de plug-ins para WooCommerce, que oferecem versatilidade ilimitada. No entanto, isso não significa que você deva instalar cada um.

Inúmeros plugins aumentam a quantidade de arquivos Javascript ou CSS em seu site, fazendo com que seu servidor receba mais solicitações HTTP, retardando as operações de sua empresa. Além disso, ter mais plugins significa usar mais recursos do servidor, o que retarda o tempo de carregamento.

Não importa quantos plugins você utiliza; o que importa é a qualidade deles. Escolha plug-ins que possam executar inúmeras tarefas, leia as avaliações para saber mais sobre o desempenho, confirme se são atualizados com frequência e instale opções de fontes confiáveis.

Obtenha um tema de comércio eletrônico rápido

Muitas vezes, ao optar por um tema de comércio eletrônico, os designers de sites escolhem a estética sem considerar a rapidez com que as páginas carregam. Como resultado, a aparência do frontend frequentemente tem prioridade sobre a velocidade de carregamento da página.

Para otimizar o tempo de carregamento, escolha um Tema WooCommerce que é leve e com desempenho otimizado. Certifique-se de que o tema seja responsivo e tenha uma base de código limpa.

Além disso, lembre-se de que muitos temas também permitem desativar elementos que você não está usando. Para determinar se um tema carrega rapidamente, tente usar as ferramentas de velocidade para testar as páginas de demonstração ou navegar pelos comentários deixados pelos usuários.

Compactar imagens

É essencial reduzir o tamanho de suas imagens antes de publicá-las em seu site, pois o uso de imagens enormes diminuirá drasticamente a velocidade de carregamento da página. Para dimensionar as imagens no tamanho certo para o seu site, utilize softwares como Photoshop, GIMP ou Figma.

O tamanho dos arquivos das suas fotografias pode ser reduzido sem perda de qualidade pela compactação. Selecione o formato apropriado; a menos que sua imagem tenha um fundo translúcido, as imagens JPEG, que são menores, geralmente são as melhores para upload. Cuidado com o tamanho: enviar uma imagem de 2.000 pixels não caberá em um local com apenas 500 pixels de largura. Compacte a imagem após processá-la: os compressores de imagem reduzem o tamanho do arquivo removendo quaisquer dados e metadados estranhos.

Implementar carregamento lento

Um recurso conhecido como carregamento lento evita que as imagens sejam carregadas até que o visitante do site role para baixo até onde elas aparecem na página. Como resultado, seus clientes não terão que esperar enquanto sua mídia é carregada para visualizar seu conteúdo. Se o seu site tiver muitas fotos, essa estratégia pode reduzir bastante o tempo de carregamento da loja. 

Você pode instalar o carregamento lento em sua loja WooCommerce usando plug-ins do WordPress. Os plug-ins reduzem o tempo de abertura inicial do seu site.

Entregue recursos estáticos via CDN

Uma rede de distribuição de conteúdo (CDN) é uma rede de servidores estrategicamente posicionada em todo o mundo. Pontos de presença (PoPs) são os nomes desses sites de servidores. Armazenar em cache e entregar recursos estáticos como imagens, JavaScript, CSS, etc., é a principal função de um CDN.

Mesmo que o seu site esteja hospedado em um servidor muito rápido, sua localização ainda terá impacto. A latência da rede e o tempo até o primeiro byte (TTFB) diminuíram devido ao CDN, que encurta a distância entre cada usuário e os recursos do site.

Ele escolhe automaticamente o PoP CDN mais próximo para fornecer os recursos armazenados em cache com base na origem da solicitação. Muitos CDNs oferecem recursos adicionais de melhoria de desempenho além do cache, como maior compactação de imagem dinâmica, suporte HTTP/3, prevenção de hotlink e maior segurança.

Elimine scripts e folhas de estilo não utilizados

A maioria dos plug-ins e temas do WordPress carrega scripts e folhas de estilo em cada página do seu site. Mesmo quando não são necessários na página, eles carregam esses itens.

Ao remover esses elementos desnecessários dos sites, você pode diminuir o inchaço da página e acelerar o carregamento da página WooCommerce, o que pode economizar tempo na configuração de novos sites e na atribuição de equipe. WooCommerce é vulnerável a este problema, assim como suas extensões.

Observe o gráfico em cascata no resultado do teste de velocidade do seu site para determinar o que remover. Isso o ajudará a identificar quaisquer ativos supérfluos.

Para se livrar de scripts e estilos desnecessários, utilize wp_dequeue_script e wp_dequeue_style. Asset CleanUp: Page Speed Booster está entre os plug-ins que simplificam o alcance do mesmo objetivo.

Captura de tela tirada no oficial WordPress local na rede Internet

Vá para o cache

Cache é o armazenamento temporário de recursos de uma solicitação para que solicitações futuras possam ser processadas rapidamente. Tanto o servidor quanto o dispositivo do usuário são capazes de armazenar o cache.

Quando um usuário faz uma solicitação para um site, o servidor DNS obtém a página da web do servidor de hospedagem e o aplicativo no servidor da web executa scripts, pesquisa o banco de dados e produz a página da web, que é então renderizada e mostrada ao usuário por o navegador. O servidor fica sob uma enorme pressão quando milhares de visitantes fazem várias solicitações ao mesmo tempo, o que faz com que a página carregue lentamente.

O cache entra em ação nesta situação. Isso diminui o esforço necessário para produzir uma visualização de página, diminuindo a dependência do WordPress de PHP e de um banco de dados. O WordPress opera quase tão rapidamente quanto páginas estáticas, se não exatamente.

O cache do servidor e o cache do navegador são as duas categorias principais de cache online, cada uma com uma variedade de subcategorias.

Limitar revisões

WooCommerce fornece uma verificação de revisão padrão nas páginas dos produtos que permite voltar e ver as alterações feitas nas páginas. Embora as modificações possam parecer vantajosas, às vezes podem causar problemas de desempenho do WooCommerce.

Para ilustração, suponha que você crie uma página e a edite várias vezes, adicionando ou removendo um elemento de cada vez. Você tem tantas duplicatas de sua página original quantas alterações fez, mesmo que a alteração seja modesta. O desempenho do WooCommerce pode acabar sofrendo com isso e deteriorar-se gradualmente.


Você precisa fazer alguns ajustes no arquivo wp-config.php na raiz do site para restringir/desabilitar revisões.

Limpar banco de dados

Cada vez que um usuário entra no seu site, ele solicita o conteúdo do seu site, que é em grande parte estático. No entanto, eles fazem uma solicitação dinâmica quando fazem um pedido.

Se o banco de dados da sua loja não estiver otimizado, lidar com essas consultas pode demorar muito. Um tempo de resposta lento do servidor resulta em um site lento. Como resultado, você deve eliminar o lixo inútil para limpar e otimizar o banco de dados.

Existem várias abordagens para otimização de banco de dados:

  • Livre-se de revisões antigas. As páginas, artigos e produtos da sua loja WooCommerce serão carregados com modificações desatualizadas se ela estiver online há algum tempo. É hora de arrumá-los. O método mais simples é usar plugins como WP-Sweep ou WP Rocket.
  • Remova transientes expirados. Um cache temporário defeituoso ocasionalmente produz mais de um milhão de entradas inúteis sem fim aparente à vista. Com o tempo, as sessões do cliente podem se acumular, adicionando milhares de entradas extras às tabelas do seu banco de dados. Um banco de dados inchado pode derrubar seu site nessas circunstâncias. Todos os transientes expirados podem ser facilmente removidos com o plugin gratuito Delete Expired Transients.

Captura de tela tirada no oficial WordPress local na rede Internet

  • Limpe as tabelas do seu banco de dados. Tudo o que é necessário para operar seu negócio de comércio eletrônico é mantido em seu banco de dados WooCommerce. Seu banco de dados se torna ineficiente e acaba mantendo muitos dados sem importância quando os dados são adicionados e movidos pelas tabelas. Limpar as tabelas do seu banco de dados é vital para remover essas informações extras.
  • Desative recursos que não são críticos, mas sobrecarregam o banco de dados. Temas e plug-ins para WooCommerce têm muitos recursos inteligentes que inicialmente parecem ótimos, mas acabam destruindo o banco de dados. Um dos exemplos são os plugins de compactação de imagens, que compactam imagens no mesmo servidor que hospeda o site. Plugins que adicionam contadores ao seu site, como visualizações, comentários, etc., também devem ser evitados.

Execute a otimização móvel

De acordo com Oberlo, 60% de compradores afirmam que a opção de comprar pelo celular é um critério importante na seleção da marca. Conseqüentemente, a otimização móvel é absolutamente vital.

Usar um tema responsivo é a abordagem mais simples para adaptar seu site WordPress para dispositivos móveis. Mantenha as páginas da sua loja o mais simples possível, porque os clientes móveis não gostam de rolar indefinidamente. Não os sobrecarregue com informações.

Se sua empresa tiver muitos itens exibidos, torne mais simples para os clientes móveis pesquisá-los, fornecendo filtros de produtos ativos. Considere instalar o plugin WooCommerce Product Search.

Use a ferramenta Lighthouse do Chrome ou a ferramenta de teste de compatibilidade com dispositivos móveis do Google para ver se o seu site atende às diretrizes de usabilidade em dispositivos móveis exigidas.

Minimizar redirecionamentos

O servidor registra cada clique em um link para uma página da sua loja como um redirecionamento. Em essência, o servidor deve direcionar os usuários para a página adequada. Embora demore apenas alguns segundos, os clientes podem perceber isso como um longo tempo, afetando diretamente a taxa de rejeição da sua loja.

Se o seu site tem muitos redirecionamentos, você está consumindo recursos do servidor e aumentando o tempo que leva para chegar à página final. Como resultado, reduzir o redirecionamento resultará em um aumento notável no tempo de carregamento da página, pois é uma abordagem de otimização WooCommerce testada e comprovada.

Atualize sua versão do PHP e aumente o limite de memória

Cada atualização do PHP é mais rápida que as versões anteriores. Seu host determina a versão do PHP que você usa e muitas vezes você pode alterá-la no painel de controle de sua hospedagem. No entanto, o procedimento específico pode variar dependendo do seu provedor. Alternativamente, você pode simplesmente pedir ao atendimento ao cliente para fazer isso por você. Antes de atualizar sua versão do PHP, crie um backup completo do site e teste tudo para garantir que funciona corretamente.

Sua empresa de hospedagem alocou uma determinada quantidade de memória para o seu site. No entanto, você pode ultrapassar esse limite com base no seu site específico. Você sempre pode entrar em contato com sua empresa de hospedagem se o painel de controle de hospedagem não permitir a alteração do limite. O PHP recebe uma cota de memória de 32 MB do WordPress por padrão. Ele tentará aumentar automaticamente esse limite para 40 MB ou 64 MB se encontrar algum problema. Este limite muitas vezes não é suficiente para um site WooCommerce. É aconselhável aumentar esse limite para 256 MB.

Palavra final

Com os métodos fornecidos acima, você pode melhorar drasticamente a velocidade de sua loja WooCommerce, abrangendo desde ajustes básicos de configurações até soluções avançadas do lado do servidor. Essas técnicas existem para melhorar a velocidade do seu site e devem fazer parte de uma estratégia contínua não apenas para melhorar, mas também para manter o desempenho do site.

Em última análise, a otimização da velocidade não é uma tarefa única, mas um compromisso contínuo. Monitorar regularmente a velocidade do seu site usando as várias ferramentas e métodos discutidos pode fornecer informações valiosas sobre o desempenho dos seus esforços de otimização do WooCommerce.

Compre um novo dispositivo e ganhe uma assinatura vitalícia grátis!

pt_PTPortuguese